Microsoft leva Internet a todo o mundo

A Microsoft, através do programa Airband, pretende levar a Internet a todo o mundo, o que vai provocar impacto a mais de 40 milhões de pessoas até 2022.

Este projeto irá abranger populações em África e na América Latina, visto que são os locais mais urgentes e onde esta ação terá mais valor.

O programa Airband da Microsoft, fundado em 2017, irá levar a Internet às zonas mais rurais dos Estados Unidos da América. Após concluírem esta missão, que conectou mais de 3 milhões de americanos à rede, a empresa de Redmond deseja expandi-la a territórios internacionais.

Depois da fundação do programa, a Microsoft investiu na Colômbia e no Gana. Na Colômbia, por exemplo, foram conectadas 6 milhões de pessoas, nas quais incluiu duas escolas e cinco quintas.

No Gana foi possível preparar uma população de 800 mil pessoas para a receção de ligação à Internet.

Na próxima fase, a Microsoft vai-se focar sobretudo na América Latina e na África Subsariana. O plano passa por, estudar as melhores e mais inovadoras tecnologias para levar a Internet a estes locais.

Felizmente, a Microsoft não é a única empresa a investir nesta missão. A Google, com o programa Next Billion Users, e o Facebook, com os seus drones e satélites, também pretendem alcançar o mesmo objetivo.

Estas empresas, ao investirem nestes programas, que irão trazer mais pessoas ao mundo da Internet, terão uma maior probabilidade de conseguirem cativar mais utilizadores para os seus serviços e produtos.

 

Sobre o autor

Degree in Secretarial and Business Communication

Comentar

English EN Portuguese PT
Copy link
Powered by Social Snap